• Vendas de carros em Angola

  • 19 September 2008 by 0 Comments

A BMW vendeu, o ano passado, um milhão e meio de automóveis em Angola, apesar de não possuir, então, qualquer empresa de assistência às viaturas compradas. Talvez por isso, o conhecido fabricante de automóveis alemães pretende nos próximos anos tornar-se num dos líderes do mercado angolano na venda de automóveis com abertura de uma representação oficial da marca no país, que ficará localizada na rua da Missão, em Luanda.

Ontem mesmo, foram já inauguradas as primeiras instalações, que incluem com uma oficina de apoio equipada com tecnologia de última geração, equiparada às demais existentes a nível internacional. A BMW Angola dispõe também de uma loja para a venda de peças e contará em breve com um estaleiro e um centro de formação profissional, no município de Viana, onde procederá a formação de técnicos na sua maioria angolanos.

Para a concretização do projecto, numa primeira fase foram investidos doze milhões de dólares e serão criados 100 postos de trabalhos directos. A BMW, que era representada anteriormente pela União Comercial de Automóveis, muda agora de estratégia, em função do objectivo de o fabricante pretende obter na região Austral de África, em particular, em Angola, de liderança do mercado automóvel nos próximos anos. Brevemente, será aberta uma representante na província de Benguela.

O volume de negócios obtido no ano passado impressiona. Nada menos que 56 mil milhões de euros,(um acréscimo de 92,2 por cento em relação a 2006).
Esta soma astronómica, revelada ontem em Luanda, contrasta com um país devastado ainda pela fome e a mortalidade infantil, entre outros índices de organismos internacionais, designadamente a UNICEF e “Organização Mundial de Saúde”. Entretanto, foi também ontem revelado em Luanda que o volume de negócios entre Angola e a República Popular da China está cifrado em 14 biliões e 100 milhões de dólares, segundo o membro permanente do Bureau Político do Partido Comunista Chinês, He Groupiang, no final de um encontro entre delegações do PCC e do MPLA. O político chinês foi recebido em audiência pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, tendo anunciado, para breve, a assinatura de um convénio para a construção de um centro para o tratamento da malária em Angola, avaliado em 127 milhões de dólares.

Guilherme Pereira

http://www.lusoafrica.net/v2/index.php?option=com_content&view=article&catid=38:angola&id=398:bmw-vendeu-15-milhoes-de-carros-em-angola&Itemid=50

About the

Leave a Reply

Your email address will not be published.